Como utilizar o WinRar e aproveitar alguns dos seus recursos

Um programa compactador de arquivos tem milhares de utilidades que vão desde obviamente compactar a proteger esses arquivos com senha, ou dividi-los para caber em vários dispositivos.
Eu não preciso nem dizer as milhares de utilidade de um programa compactador de arquivos. Vai desde compactar arquivos grandes (que é o óbvio que ele faz) a proteger esses arquivos com senha, ou dividi-los para caber em algum dispositivo.

A outra vantagem é que um único arquivo compactado pode ser transferido muito mais rápido para um pendrive ou HD, por exemplo, do que milhares de arquivos separados sem compactação. Também é graças a compactação que podemos enviar arquivos de uma só vez pela internet, de forma mais fácil.

Neste tutorial o Ajuda Ops! irá mostrar como aproveitar algumas funções mais importantes do Winrar. Se você ainda não possui a versão mais recente do programa aconselho a baixar agora mesmo. A versão utilizada para este post é principalmente a 5.01 (32 bits).

Para começar e compactar um arquivo da forma mais simples, após o programa instalado, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo, e escolha a segunda opção na lista (Imagem 1). Como exemplo criei um pasta chama "Arquivos". Na lista podemos ver "Adicionar a 'Arquivos.rar'" (português) ou "Add to 'Arquivos.rar'" (inglês).

Compactando arquivos dessa forma, o faremos sem mexer em suas configurações padrões. Mas nesse tutorial iremos aprender a ajustar essas configurações ao nosso estilo e necessidade. Com o Winrar podemos proteger nossos arquivos com senha, escolher método de compressão, local de destino, dividir arquivos maiores, criar arquivos auto extrator, colocar data e hora em backups.

Momento da descompactação de um arquivo
Imagem 1. Compactação de um determinado arquivo: "Adicione ao arquivo...". As demais opções são para "Adicionar ao 'Nome do arquivo.rar'", compactar com os padrões, compactação e envio por e-mail.
Clicando em "Adicionar ao arquivo..." irá abrir uma janela com 7 abas (Geral, Avançado, Opções, Arquivos, Segurança, Horário e Comentários). Lembre-se que as configurações nessa ação só terão efeito naquele arquivo compactado. Para definir padrões que servirão para compactações futuras, vá até o item "Defina Padrões" no final do post.

Imagem 2. Primeira guia/aba de configurações para o arquivo a ser compactado

Integração

Uma integração em um sistema operacional é quando os arquivos (música, imagem, vídeo) estão associados a um determinado programa. Por exemplo, um arquivo com a extensão .mp3 e os vídeos com extensão .mkv podem estar associador ao mesmo Player ou qualquer outro programa. Assim fica mais fácil na hora de abrir esses arquivos. Na parte de integração do Winrar você escolhe quais arquivos estarão associados a ele (Rar, Zip, 7-Zip, Jar, Tar). Todos os arquivos em seu computador que tiverem as extensões marcadas na lista, poderão ser abertos ou extraídos pelo programa. Esse procedimento é a primeira coisa que aparece na tela após a instalação do programa, e você pode alterar futuramente.

Para alterar abra o Winrar.exe ou Clique em qualquer arquivo compactado > Opções > Configurações > Integração.
Imagem 3. Todas as configurações do programa Winrar pode ser acessada no menu.
Geralmente eu nunca seleciono a extensão ISO para interagir com o programa. Deixo esse trabalho para o querido Daemon. Mas é você quem escolhe.

Nessa área também podem ser definidas quais opções aparecerão antes de compactações e descompactações, como visto na Imagem 1. Clicando em "Itens do menu de contexto....".

Integração do Winrar com o Windows e itens do menu de contexto
Imagem 4. Integração do Winrar com o Windows e itens do menu de contexto
Útil para: definir quais arquivos serão abertos ou não pelo programa, entre outras integrações com o Windows.

A escolha é sua

Com o Winrar você poderá escolher qual será o tipo de arquivo: rar, rar5 ou zip.

Para escolher um tipo de arquivo com o Winrar clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo a ser compactado > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > escolha em Formato do arquivo, como visto na Imagem 2.

Útil para: enviar arquivos compactados para pessoas que tenham programas compatíveis.

Com este programa você pode também escolher um método de compressão. Escolhendo uma compactação mais forte, você terá um arquivo menor, porém esse processo é mais demorado que uma compactação normal ou nenhum compressão. Isso mesmo, no Winrar é possível compactar um arquivo mas não comprimi-lo.

Ainda na guia Geral > apenas escolha um Método de compressão, como visto na Imagem 2. Dentre os métodos estão: Ótimo, Bom, Normal, Rápido, Mais rápido ou simplesmente Armazenar. Lembre-se que quanto maior a compactação mais demorado será o processo.

Apenas armazenar um arquivo compactado e não comprimi-lo é útil na hora de usar senha nos seus arquivos e ter uma agilidade maior na hora de cria-los ou abri-los.

Neste programa você também pode escolher um local onde ficarão os arquivos.
  • Se for compactar em outro local. Clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo a ser compactado > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > próximo ao nome do arquivo clique em Procurar.... > escolha um para compactação > clique em Ok;
  • Se for descompactar. Clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo compactado > Extrair arquivos... > escolha um local ou pasta > Ok. Nesta janela há opções para criar pasta, expandir, exibir arquivo no explorer (para abrir pasta após descompactação). Ou dê um duplo clique no arquivo > selecione os arquivos a descompactar ou selecione apenas o com o nome de ".." (isso irá descompactar todos os arquivos) > no menu clique em "Extrair Para". E para extrair da forma mais simples ainda, clique com botão direito do mouse sobre o arquivo > Extrair aqui ou Extrair para Nome do arquivo\. Neste último irá ser criado uma pasta no local.

Arquivos sólidos

Esse é um método muito interessante, que reconhece arquivos com estruturas semelhantes e os une como se fossem um só. Exemplo, digamos que vamos compactar 1 milhão imagens idênticas, cada uma com 50kbs, há uma chance do arquivo final compactado ter 50kbs. É como se fosse uma super compactação.

Claro que ninguém irá criar cópias de imagens e compactá-las. Criar arquivos sólidos é muito útil se os arquivos tiverem uma estrutura parecida, mesmo que sejam arquivos diferentes.

Para criar arquivos sólidos com o Winrar clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo a ser compactado > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > selecione Criar arquivo sólido, como visto na Imagem 2.

Proteja seus arquivos

Se você estiver usando as versões mais antigas do programa é possível colocar senha nos arquivos na segunda aba (Avançado) como se pode ver na Imagem 5.

Antigo local para definição de senha na compactação de um arquivo
Imagem 5. Antigo local para definição de senha na compactação de um arquivo.
Nas versões atuais você pode colocar senha em um arquivo indo em Geral > Definir senha.

Para colocar senha no arquivo ou pasta a ser compactado clique com o botão direito do mouse sobre ele > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > clique em Definir senha..., como visto na Imagem 2.

Há dois tipos de arquivos protegidos no Winrar: Modo normal e Criptografado.

Ambos irão proteger seus arquivos, porém:
  • No Modo normal caso a pessoa abra o arquivo e não saiba a senha ainda poderá ver a lista dos arquivos. Verá também um asterisco ao lado de cada arquivo protegido. Esse modo é útil caso você queira escolher arquivos da lista para extrai-los individualmente;
  • No Modo criptografado, a lista dos arquivos não poderá ser vista e não poderá ser extraído arquivos individualmente.
Para criptografar seu arquivo protegido, após clicar em Definir senha > escolha Codificar nomes de arquivo.

Útil para: proteger seus arquivos pessoais, impedindo acesso não autorizados.

Auto Extrator

Pode acontecer que uma pessoa baixe um arquivo compactado e mesmo que não possua o programa para extrair, poderá descompactá-lo. Esse é um tipo de arquivo SFX, criado pelo Winrar e que pode ser descompactado sem precisar que o programa esteja instalado em seu computador. O arquivo compactado nesse modo será um pouco maior que um compactado comum.

Para criar arquivos auto extratores com o Winrar clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo a ser compactado > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > selecione Criar arquivo SFX, como visto na Imagem 2.

Importante. Ao selecionar a opção "Criar arquivo SFX", na aba Avançado aparecerá o botão "Opções SFX", onde você poderá colocar comandos, arquivos para executar após a extração, ícone, caminho para extração, etc, como se fosse um aplicativo instalador. Outra coisa que muda também é a extensão do arquivo que passa a ser ".exe".

Útil para: quem não possui o programa para descompactar o arquivo, ou para enfeitar o arquivo compactado com um ícone.

Divida em partes

Pode acontecer de você não conseguir enviar ou guardar um arquivo por ele ser muito grande ou impossível de ser compactado. No Winrar é possível dividir arquivos grandes demais em tamanhos iguais, independente se você quiser compactá-los ou não.

Para dividir arquivos com o Winrar clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo a ser dividido > Adicionar ao arquivo... > na guia Geral > em Dividir para volumes, tamanhos > escolha qual tamanho terá cada arquivo em Bytes, KBytes, MegaBytes ou GigaBytes. Também pode escolher tamanhos pré-definidos pelo programa ou definir seus próprios tanahos em Opções > Configurações > Compressão > Definir tamanho do volume....

Útil para: colocar arquivos grandes em CDs ou DVDs, ou atém mesmo em dispositivos com sistema FAT32 que possui capacidade máxima de até 4GB por arquivo.

Data e Hora em arquivos

Você também pode colocar itens a mais após o nome dos arquivos compactados, como por exemplo a data e a hora do momento da compactação, para identificar quando houve o procedimento.
Guia "Segurança", para adicionar data e hora ao lado do nome do arquivo
Imagem 6. Guia "Segurança" ou "Backup", para adicionar data e hora ao lado do nome do arquivo
Na guia Segurança ou Backup (versões antigas) > selecione Gerar nome do arquivo pela máscara > deixe como "dd.mm.yyyy hh-mm-ss" ou "yyyy-mm-dd hh-mm-ss" (sem aspas).

Útil para: fazer backups de arquivos de uma mesma pasta diariamente, e impedir que compactações futuras substituam as antigas.

Defina Padrões

Você pode definir configurações que servirão para ações futuras. Todos as configurações nos procedimentos feitos nesse tutorial podem ter validade para todas as demais compressões se você escolhe-las como padrão.
Definindo padrões no Winrar que serão usadas nas futuras compactações
Imagem 7. Definindo padrões no programa que serão usadas nas futuras compactações
Para isso vá em Opções > Configurações > Compressão > clique em Criar padrão.... Abrirá uma janela semelhante a da Imagem 2, só que dessa vez as configurações valerão para todas as compactações futuras. Você irá definir se a compactação será Rar ou Zip, se o método de compressão será normal, super compactado ou nenhuma compactação, se todos os arquivos serão auto extratores, se todos terão uma única senha padrão, se terão uma data após o nome ou se todas as compactações terão o mesmo comentário, ou seja, tudo o que foi dito neste post e muito mais recurso do programa podem ser definidos como padrão. Se para comprimir arquivos você sempre precisa alterar a forma como o programa trabalha, poderá criar esse padrão e deixar o programa com a sua cara.

Útil se você põe sempre a mesma senha nos arquivos, ou se prefere compacta-los com "Zip" ao invés de "Rar", ou se sempre utiliza o mesmo método de compressão "Ótimo" (super compactado).

Útil para: poupar tempo caso execute sempre as mesmas tarefas com o programa.

Bônus: Para android

Se você possui android poderá utilizar esses programas descompactadores

Simple Unrar. Aplicativo apenas para descompactar arquivo em Rar.

ZArchiver. Este compacta e descompacta (zip).

.....

Como você pode ver pelo post, programas de compactação não servem apenas para compactar. Você pode proteger seus arquivos, transferi-los de forma mais fácil, ou dividi-los. Um compactador, como o Winrar por exemplo, pode ser útil mesmo que você precise armazenar um arquivo gigante, que não possa mais ser compactado, e dividi-los para enviar a algum lugar parte por parte.

Não esqueça de avaliar o post e de compartilhá-lo nas redes socais.

Assine nossa news e fique sempre informado.

por FeedBurner, by Google

3 comentários:

  1. Excelente post. Muito obrigado Israel. Ótimas informações, algumas que eu desconhecia, duas delas vou colocar em prática agora.

    ResponderExcluir